31 maio, 2016

Jaqueta Jeans com Patches feitos em casa

31 maio, 2016
Como prometido,  vou ensinar vocês a fazerem essa jaqueta cheia de patches (também feitos em casa) e aplicações! Quando usei ela no São Paulo Fashion Week, todo mundo me perguntava onde comprei e parava pra tirar fotos dela, a mesma coisa com todas as fotos que eu postava no instagram.

Então, fiz dois vídeos separados, um ensinando a fazer seus próprios patches, com a imagem que vocês quiserem, e outro mostrando a aplicação na jaqueta. Pra tudo ficar bem dinâmico e fácil de entender.



Fiz os patches usando papel transfer e retalhos de tecido, desse jeito você pode fazer quantos patches quiser, com qualquer imagem que vocês tiverem ai no computador. É realmente muito fácil e o resultado final fica ótimo! Se querem aprender, é só dar o play!


Depois de ter os patches prontos, apliquei nessa jaqueta jeans que comprei por R$5 em um dos brechós que visitei com a Natály Neri do canal Afros e Afins. Também apliquei botons, correntes, brilhos, rebites e tudo o que tinha direito! Pra ver como eu fiz tudo isso, só assistir ao próximo vídeo!



Gostou dos patches que eu usei e quer usar também? É só clicar aqui e aqui para baixar.
Se ainda não é inscrito no canal, corre lá para se inscrever e saber sempre quando tem vídeo novo!

Adorei o resultado desse tutorial, nunca tinha visto nada parecido pelo youtube/pinterest/tumblr então fiquei orgulhosa por ter criado algo que ficou tão bonito. Então alerta pras copycats de plantão: se for pra ensinar no seu blog/canal, dê os créditos! Pra quem não sabe, já passei por uma situação bem chata de uma youtuber bem maior que eu copiando meu conteúdo. Dessa vez a desculpa que tem milhões de vídeos iguais por ai não vai colar. hehehe

Como sempre, muito obrigada pelo apoio e o carinho de vocês que assistem os vídeos, espero sempre continuar trazendo coisas interessantes e úteis pra vocês!

19 maio, 2016

A experiência de trabalhar em um Fashion Week

19 maio, 2016


Oi gente! Quem já é inscrito no canal, e me acompanha nas redes sociais, já sabe que eu trabalhei durante o último São Paulo Fashion Week.  Estive na equipe da À Moda da Casa e fiz o conteúdo para a cobertura digital nas redes sociais oficiais do SPFW.  Foi minha primeira vez em uma semana de moda, e já fui para trabalhar, com cracházinho de produção que me rendia acesso à tudo no evento! 

Nosso trabalho durante a semana, foi fazer a cobertura completa de tudo o que aconteceu nos backstages, desfiles, espaços de patrocinadores e corredores da Bienal. Trouxemos o público para dentro do evento com fotos, gifs, vídeos e transmissões ao vivo via Periscope e Facebook LIVE. (siga as redes do evento @SPFW ). Fiquei boa parte do tempo nos backstages fazendo o Facebook LIVE, mas também circulei bastante pelos corredores, fiz muitos vídeos para as redes sociais, assisti alguns desfiles e também monitorava as redes no nosso QG dentro da sala de imprensa.

Pra ser bem sincera, nunca quis trabalhar com moda. Apesar de gostar do assunto, me interessar muito por estilo, tendências, beleza e tudo mais, eu sempre soube que essa não era a área pra mim. 
Então quando apareceu a oportunidade, aceitei para ter uma experiência nova e conhecer o evento que sempre quis ir. Com certeza essa foi a melhor decisão!

Sempre tive um certo preconceito com o mundo da moda, toda essa impressão de glamour e ostentação nunca me atraiu muito, eu achava que a maior parte das pessoas nesse meio (que é super elitizado) seria nariz em pé ou arrogante. Mas eu estava muito errada! Fiquei nos bastidores de todos os desfiles fazendo a cobertura LIVE pelo facebook do evento, conheci modelos, maquiadores, fotógrafos e stylists que foram super simpáticos e queridos. Parei até de olhar tanto as modelos como inalcansáveis, elas são pessoas reais e gente como agente. Comem besteiras (jurava que só comiam salada), ficam (muito!) nervosas quando é sua a primeira vez na passarela e gostavam de aparecer nas transmissões ao vivo para dar um oi pra família que está longe.  Além disso, tudo no backstage é muito profissional, sem frescura e muito corrido! O objetivo de todos ali é fazer um trabalho bem feito em tempo curto e entregar para o público o que o estilista idealizou da melhor forma. Os resultados são belíssimos e pude ver sendo construído aos poucos.



Outra coisa que percebi, essa não tão feliz, é como as pessoas idealizam tanto o SPFW e o mundo da moda. Diversas pessoas comentavam nas redes sociais do evento, e também nas minhas pessoais quando postava alguma foto, coisas como "Que sonho!". A página do São Paulo Fashion Week no Facebook recebia pedidos de meninas que sonhavam em ser modelos e diversas outras mensagens DESESPERADAS. Achei bizarro como as pessoas acham que esse mundo é só fama, dinheiro e glamour. Algumas pessoas fazem monitoria no evento, trabalhando muito e DE GRAÇA sem acesso a nenhum desfile a nenhum lounge, só pra poder estar lá. Fiquei com um  mix de dó e tristeza, por que a mídia faz essas pessoas acreditarem que aquilo é um sonho, uma coisa maravilhosa e inalcançável, mas é um trabalho (árduo) como outro qualquer.  



Além disso, não é um mercado que paga muito bem, mas é onde as pessoas mais ostentam e mantém um padrão de vida que eu realmente não entendo como elas podem bancar (se elas ganham algo remotamente próximo do que eu ganhei $$$). 

Tirando essas pequenas observações curiosas, posso dizer que foi incrível. Trabalhei demais e aprendi muito sobre planejamento e produção de conteúdo para redes sociais, uma novidade pra mim! Também pude ver de perto como funciona um evento desse porte, a responsabilidade que a comunicação tem para fazer tudo acontecer. 
Saí de lá muito mais inspirada, e com a cabeça mais aberta para a moda e para a arte.

Obviamente quis registrar essa semana de loucura e essa experiência maravilhosa, então assistam  o vídeo para entender um pouco mais do que eu passei nesses 5 dias e ver alguns momentos ~inéditos de bastidores do evento. Não esquece de dar um like e se inscrever no canal!




Love Triangle Blog © 2014