21 janeiro, 2015

Goodies: 4 Fontes Free para Tattoos Old School



Como vocês devem saber, eu ataco de designer, mesmo não tendo formação na área. Graças a essa internet maravilhosa desenvolvi um certo senso estético e habilidades com o Photoshop e outros programas que me renderem meu atual emprego. Apesar de não ser exatamente minha area, sou apaixonada por Design, e um dos meus hobbies é procurar tipografias legais! hahaha Já que eu entendo um pouco sobre o assunto achei legal compartilhar com vocês algumas dicas de fontes, actions, apps, shapes, patterns, texturas, backgrounds e esse tipo de coisa! Tudo gratuito pra vocês baixarem e se divertirem muito! Quem gostar da idéia pode ficar a vontade para dar sugestões do que gostaria de ver por aqui. Vou separar sempre por temas ou estilos pra ficar tudo mais organizado, e hoje separei algumas fontes no estilo Old School pra tatuagens, ou para o que vocês quiserem! Enjoy <3


                                          Mardian | Billion Stars | True Love | Reditum




14 janeiro, 2015

Floral LookBook

Olar! Estou de volta com vídeo novo <3 Esse eu gravei a algum tempo, mas por vários probleminhas técnicos como trocar de computador e aprender a usar um novo editor (agora estou usando o Adobe Premiere e o Adobe After Effects) demorei alguns séculos pra postar. Pra vocês terem uma idéia, gravei com a intenção de postar na primavera com o tema ~floral, mas falhei rude. Resolvi caprichar bastante na edição para aprender e testar coisas novas e isso acabou levando bastante tempo também.

Gosto muito de estampa floral, principalmente as com fundo escuro e tive vontade de fazer um lookbook com esse tema (estou planejando um outro beeeeem legal para o verão!). Adoro ver esse tipo de vídeo em canais gringos do Youtube, então me aventurei pra fazer a minha versão, não ficou tão profissional e bem acabado quanto eu queria, mas com o tempo vou melhorando. Espero que vocês gostem e se inspirem :)




06 janeiro, 2015

Exposições em São Paulo - Ron Mueck e Salvador Dalí


A algumas semanas atrás, eu e minha mãe resolvemos ir visitar duas exposições em São Paulo. Eu estava super animada para visitar a do Salvador Dalí, um dos meus artistas preferidos e que mais me impressiona, e minha mãe queria muito ver as esculturas de Ron Mueck. Decidimos tentar ir nas duas exposições no mesmo dia e por um milagre, conseguimos. As duas são sensacionais e ótimos programas para fazer nessas férias. Se você não trabalha ou está de férias do trabalho/faculdade/escola minha dica é visitar durante a semana, por que no sábado a fila para ver a exposição do Ron Mueck estava dando a volta no quarteirão da Pinacoteca!!!! Desistimos de entrar, e pensamos em apenas ver o acervo normal da Pinacoteca, mas por desorganização do evento, acabaram mandando eu e minha mãe para o lugar errado e entramos sem pegar fila nenhuma. 



Ron Mueck (essa cabeçona dormindo é uma auto-escultura) é um escultor australiano hiper realista, sua exposição ja passou por Japão, Austrália, Nova Zelândia, México, Buenos Aires e Rio de Janeiro e fez muito sucesso pelo seu realismo e originalidade. Seus personagens tem gestos tão sutis e expressões tão cheias de vida que fica impossível não imaginar uma história pra cada um.



Esse frango depenado e pendurado de cabeça pra baixo é tão gigantesco que até assusta e impressiona pela riquesa de detalhes. A obra que eu mais gostei foi essa do menino "esfaqueado" olhando com essa expressão incrível para a ferida. Talvez seja por que eu imaginei uma história muito legal pra ele hahaha.



Esse casal de velhinhos também é feito em grande escala, e é a coisa mais fofa do mundo! O jeito que ela olha pra ele deitado em seu colo, a pressão que a mão dele faz ao apoiar na pele dela, é tudo muito lindo e delicado. Mueck utiliza materiais como resina, fibra de vidro, silicone e acrílico para reproduzir fielmente detalhes como as manchas da idade, as veias na pele clara, os pelos... Até tirei uma foto mais aproximada dos pés dele, pra vocês repararem na perfeição que é.

A exposição está em cartaz na Pinacoteca do Estado de São Paulo, em frente à Estação da Luz, em Janeiro funcionará de Terça à Domingo das 10h as 22h e nas quinstas das 10h as 22h.

Logo que saímos da exposição, em frente à Estação da Luz estava rolando um tipo de encontro ou exposição de carros antigos, barraquinhas que vendiam antiguidades, camisetas, food trucks e até uma banda de rock se apresentando no meio da rua. Esses são alguns motivos do meu imenso amor por São Paulo, são tantas coisas incríveis e diferentes e nunca sabemos o que vamos encontrar por ai num sábado.



Pegamos o metro, descemos na estação Faria Lima e andamos um pouco até o Instituto Tomie Ohtake para ver a exposição das obras de Salvador Dalí, como não tinha fila, compramos o ingresso para a "sessão" das 14h e logo entramos. A exposição é gigantesca e reúne muitas obras conhecidas, estudos, desenhos e revistas da época que comentavam sobre Dali. O cara é simplesmente inacreditável, genial e louco ao mesmo tempo. Entrar na exposição é como entrar num sonho, sonhado por ele. Tudo é lúdico e cheio de subconsciente. As obras são maravilhosas e muito ricas em detalhes e simbolismos. Registrei uma pequena parte das que mais gostei. Vale muito a pena ir visitar também, e se eu pudesse escolher teria tirado um dia pra ver só essa exposição, como eu já tinha ido na Pinacoteca, feito uma horinha na feira de carros antigos e o sol estava insuportável, eu acabei cansando rápido, mas vale a pena ir com tempo e disposição pra analisar bem cada obra desse lindo.












A exposição vai de terça à domingo e são distribuídas senhas para entrar, os horários de visitação são 11h, 14h e 17h, no Instituto Tomie Ohtake  Av. Faria Lima 201, São Paulo.

Espero que vocês se animem para visitar, e quem não mora em São Paulo ou não vai ter a oportunidade de ir ver, conheça um pouquinho pelas fotos, arte é sempre bom né? <3


12 dezembro, 2014

Batalha de Batons: Nyx vs. Dailus Pro

Pra quem estava com saudades dos posts de beleza, eles estão de volta! Esse post é pra comparar duas marcas de batons com propostas parecidas, e dizer o que achei deles, Estou ansiosa pra fazer mais posts do tipo "Batalha" por que na maioria das vezes fico viciada em um tipo de make e gosto de comprar o mesmo produto de diferentes marcas pra saber qual eu me adapto melhor.

E esse vício se manifesta muito forte quando o assunto são batons Matte. Praticamente não tenho batons que não tenham esse tipo de acabamento, pra mim, quanto mais sequinho melhor! Meu sonho de consumo são os batons da linha Velvetines da Lime Crime mas vamos combinar que 20 obamas em um batom dói o coração. Foi ai que fui procurar a opção dos Soft Matte Lip Cream da NYX, foram bem baratinhos, cerca de $6 e me surpreenderam demais! Já falei um pouco de como comprei eles nesse vídeo aqui, porém aqui no Brasil eles chegam a custar R$45. Até que a alguns meses atrás a Dailus, uma marca de maquiagem bem baratinha lançou a linha PRO de Batons Líquidos com acabamento matte, a mesmíssima proposta da Lime Crime e da NYX. Vi vários posts sobre os benditos e choveram elogios, fiquei morrendo de vontade de comprar e me apaixonei pelas cores e pelo precinho camarada! Consegui comprar os meus por R$16., mas é mais comum achar eles por R$20 por ai.

Comprei o Sapatilha que é um roxo escuro, e o Ballet, um vermelho bem fechado. Aqui em baixo como eles ficam na boca, comparados ao Stockholm um nude alaranjado e o Addis Abba um fúcsia bem mara, da NYX.

As cores diferem bastante entre si, então pra analisar as diferenças eu me ative à questões como pigmentação,  facilidade de aplicação, textura , efeito matte , duração e claro, preço. Vou dizer que os dois são ótimos batons, lindos de doer o coração e um ótimo investimento, seja qual você escolha comprar, se é que for comprar hahahaha.


Pigmentação: Achei a pigmentação do Soft Matte Lip Cream bem franquinha e modesta, pra ficar com a cor vibrante do jeito que eu gosto, tenho que passar mais de uma camada. Isso resulta em produto rendendo pouco. Enquanto o Batom Líquido da Dailus até assusta de tão pigmentado, e em uma camada já fica perfeito.

Duração: No quesito duração, é o batom da NYX que leva a melhor, por ter uma textura mais cremosa e não ser tão mega seco, ele dura mais nos lábios sem craquelar. Já o da Dailus tem acabamento mais seco do que está a cidade de São Paulo (ba dum tsss) e por isso craquela muito rápido na boca. Uma dica que minha amiga linda Gabrielle Marx me deu, é passar um batom cremoso qualquer por baixo e depois o Batom Líquido por cima! A cor do batom de baixo não interfere muito na pigmentação e não deixa o batom craquelar, dura a noite todinha!

Textura: A textura do batom faz toda a diferença na hora da aplicação, e nesse quesito o da NYX é muito melhor. A textura mais grossa e cremosa facilita muito na hora da aplicar, o batom desliza fácil e é mais difícil de ultrapassar os contornos da boca, a cobertura também fica mais uniforme. Já o da Dailus é outra história, ele é literalmente líquido. Aí fica muito fácil de errar, borrar e cobertura fica falhada, ou seja, é necessário muito mais atenção e cuidado na hora de passar.

Preço: Comparando os preços aqui no Brasil
Soft Matte Lip Cream - Nyx : R$45
Batom Líquido Dailus Pro: R$20
Não preciso dizer mais nada né? hahaha

Efeito Matte: Como eu já disse, o Batom Líquido é tão seco que tem até um toque aveludado, enquanto o Soft Matte Lip Cream é um pouco mais cremoso, mas não tem brilho nenhum e depois de horas na boca vai secando mais, mas os dois cumprem muito bem o efeito matte que prometem, melhores que muitos batons por ai ;)

Espero que tenham gostado desse tipo de post, pretendo fazer outras Batalhas de Makes e já tenho algumas idéias pro próximo: Batalha de BB Cream ou de Bases? Vocês que escolhem hehehe <3


03 dezembro, 2014

Brás Vs. Forever 21




Queria dizer que saiu vídeo novo, mas gravei esse vídeo faz tanto tempo que acho que essa palavra nem serve mais! HAHAHA Estava aprendendo a fazer uma edição legalzinha pra finalmentchy postar. Percebi que vocês adoram dicas de compras, e muita gente sempre me pergunta onde eu encontro tantas roupas legais por um preço bacana, então decidi fazer esse "Brás Vs. Forever 21". É como se fosse uma batalha mesmo sabe? Pra explicar pra vocês qual lugar EU acho melhor para fazer minhas compras e ainda comparar opções tão diferentes. Todos conhecemos a reputação da Forever 21, queridinha das blogueyras/fashionistas e quem não podia viajar pra comprar algo na loja, ficava aqui morrendo de vontade. Até que ela veio para o país e prometeu preços tão baixos quanto os praticados nas outras filiais. Duvidamos, e duvidamos com razão por que aqui no nosso Brasilzão tudo é hiper mais caro. Como o esperado, a loja não conseguiu bater os preços americanos, mas é uma bela concorrência em preço e estilo para outras fast-fashions que já tínhamos no país, porém só tem uma loja até agora aqui em São Paulo, o que dificulta muito o acesso. E o meu queridinho bairro do Brás, um bairro famoso aqui de SP por ser centro de confecções e vender roupas muito baratas, na maioria das vezes estigmatizadas como ~roupa de pobre~, bregas, cafonas, má qualidade e etc. Então resolvi tentar desfazer um pouco desse preconceito e dizer que tem breguice sim, mas também tem coisa de muito bom gosto, basta o comprador ser inteligente, ter um bom olho e vontade de garimpar. Fiz uma comparação quantitativa e qualitativa desses dois lugares tão diferentes e espero que vocês gostem das dicas. Assistam em HD e quem gostar pode dar um joinha e se inscrever no meu canal <3 

Beijinhos :*


24 novembro, 2014

Looks da Semana


Como sempre, essa tag acaba sendo muito mais aleatória do que necessariamente os looks que usei durante a semana. Fotografei minhas ~produções~ preferidas e estou postando atrasado fotos acumuladas! Ainda tinha mais looks para postar, mas perdi as fotos por ai hahahaha.

Usei essa roupa pra sair com meu namorado, quis estrear essa saia amarela linda que comprei por 20 dilmas na Rank Shop, uma loja achado da Av. Brigadeiro Luis Antônio aqui em São Paulo. Combinei com essa t-shirt de banda e botinha cinza que estava parada no armário a algum tempo.


Amei esse look que usei pra ir trabalhar/faculdade, o shorts é DIY , cortei, desfiei e adicionei essas tachas, mas durante muito tempo ele foi branco, e recentemente percebi que eu usaria muito mais um shorts preto do que um branco, e decidi tingir. E finalmente estreei meu creeper dourado <3


 Macaquinho do amor <3 Estava querendo muito ter um pra chamar de meu, mas os preços não estavam muito convidativo$, até que tive um tempinho extra para ir até o Brás e comprei esse por R$35. Chapéu Oasap e botinha Pink recentemente falecida (de tanto usar, abriu um buraco na sola hahaha).

Mais um achado da loja da Rank Shop esse vestido de de malha, meio mescla foi 15 reais e tem um comprimento midi, é super confortável e cai muito bem no corpo. Usei com mix de colares boho e botinha Zara.




Shorem nesse cropped no qual paguei CINCO dilmas. Onde? Também na Rank Shop <3 usei com shorts de cintura alta que customizei e camisa de flanela xadrez amarrada na cintura pra não sair na rua tão pelada e o mesmo mix de colares no qual estou viciada.


Essa foto é super recente, usei nesse final de semana pra sair com o boy e adorei a combinação. Ficou bem esportiva e feminina ao mesmo tempo. Camiseta Forever 21, sainha de alguma loja aleatória no Brás e tênis branco de cano alto Puma.

Gostaram dos looks? Qual o preferido de vocês? ;)

18 novembro, 2014

Video Tag: Meu Pet

Deu vontade e gravei uma tag! Fazia séculos que eu não gravava nada do tipo, achei super fofo e legal falar desses dois amores da minha vida.  Assim vocês conhecem essas duas lindas e um pouco mais da minha vida. Ainda tenho vergoinha de gravar os vídeos e não consigo me soltar tanto quanto eu queria, ainda mais por que sempre tem gente na minha casa, e tenho que me trancar no quarto pra conseguir gravar. HAHAHA Mas prometo que vou tentar melhorar isso e mostrar meu verdadeiro eu pra vocês <3 Espero que gostem das minhas cachorras,  elas são tão maravilindas que se vocês não gostarem tenho certeza que o problema é com vocês hahahahha